domingo, 22 de maio de 2016

Ψ Imaginação Ativa e Autocura

Como consultar o Oráculo Interior usando a Imaginação Ativa para processar a Autocura

 John Collier

*No oráculo de Delfos, dedicado a Apolo, as sacerdotisas em transe, receptivas e espontaneamente faziam profecias e curas. O  seu papel era simplesmente ser porta-voz do deus Apolo.
"Ó homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o universo."  *Inscrição no oráculo de Delfos, atribuída aos Sete Sábios (c. 650 a.C.-550 a.C.)
*Carl Jung desenvolveu uma técnica que chamou de Imaginação Ativa que permite que qualquer pessoa possa consultar o seu próprio oráculo interior.

* Imaginação Ativa é um processo de dialogar conscientemente com nosso inconsciente, assim refere Jung:
"para a produção desses conteúdos do inconsciente que se encontram, por assim dizer, imediatamente abaixo do limiar da consciência e, quando se intensificam, são os mais propensos a entrar em erupção de forma espontânea para a mente consciente". 

*Ou seja, temos que permitir que o inconsciente fale através de nós, alternando os conteúdos conscientes e inconscientes de forma totalmente receptiva e espontânea.

*A visualização persistente provoca mais energia e aumenta a probabilidade de concretizar o seu desejo e requer:
1. Disposição: a técnica deverá ser sistematicamente seguida e assimilada (duas a três vezes ao dia).
2. Especificidade e Intenção: O seu objetivo precisa ser explícito, a imagem não pode ser ambígua, simplifique, pode desenhar ou criar um código próprio.
3. Visualização: Se o coração estiver harmonizado com o  espírito muita coisa será revelada. Visualizar é ver Imagens na nossa mente. Concentrar, pensar e sentir. O pensamento é a matriz ou o projeto, os sentimentos fornecem a energia, a eletricidade.
4. Pratique o desapego após o quadro estar completo em sua mente libere... Sussurre uma palavra de fechamento: Amém, Assim Seja, Está feito!

*Inicie o processo com Reverência - Tal como acontece com todos os sistemas oraculares.

*Aquiete-se... encontre um tempo e um lugar onde você pode estar sozinho para acalmar sua mente.

*A parte central da autocura é compreender que lições você está aprendendo com a sua doença.

*Os acontecimentos em nossa vida não acontecem por acaso, eles acontecem por uma razão, e entender isso é o começo para tomarmos o controle de nossa vida transformando-a.
*Pense que não há ninguém julgando você, logo não se julgue!

*Acredite profundamente que você pode recuperar ou saber lidar melhor com a sua condição de saúde atual.

*Uma vez que você se sinta relaxado, use uma das duas maneiras básicas para acessar o inconsciente - visual ou oral.

*Então sente-se, ou deite-se feche os olhos e fantasie o que você realmente deseja saber sobre a sua autocura, sem qualquer reserva, dúvidas ou pré- julgamentos.

*Sonhos: A maneira mais fácil de obter a informação que "lições sua doença está tentando ensinar-lhe",  é perguntando em seus sonhos

*Pouco antes de ir dormir, pedir de todo o coração e com determinação que você precisa aprender com esta experiência (doença).

*Você poderá obter a resposta seja em um sonho, ou então ao acordar. Por vezes levará alguns dias para obter a resposta. Não desanime!

*Seja paciente e persistente e apenas mantenha a pergunta até que a informação venha até você.

*Escrita Automática: Esta técnica também costuma fornecer informações mais complexas e detalhadas.

*Escolha um momento em que você está relaxado, alerta, calmo, e não será interrompido.

*Deite-se ou sente-se, como você preferir, com uma caneta e caderno na mão.

*Escreva as suas perguntas e as respostas que eles vêm na forma de um diálogo, pergunte ao seu corpo falar com você.

*Por exemplo, você pode começar desta maneira: "Meu corpo, você poderia vir e conversar comigo? Estou realmente tentando estar receptivo agora, e eu quero ouvir o que você tem para me dizer. Eu estou tentando entender porque eu estou doente; pode por favor falar sobre isso?"

*Você deve perguntar ao seu corpo para falar com você usando suas próprias palavras e sentimentos.

*Continue escrevendo, continue persuadindo, até você sentir uma resposta se formando em sua mente, e, em seguida, registre-a.

*O truque  é concentrar sua atenção sobre o ato de escrever, como quando você está tomando notas em uma sala de aula, de modo quenão haja espaço para a dúvida, a hesitação, medo...  continuar escrevendo.

*Envolva-se inteiramente nesta tarefa e, eventualmente, você vai começar a receber uma resposta. É realmente tão simples e direta que você não vai acreditar.

*Note-se que quando uma pessoa faz a escrita automática, pela primeira vez, as respostas tendem a sair espécie de incipiente, siga... é assim mesmo...  escrita compulsória. Não se preocupe se faz sentido ou não.

*Normalmente em automático algumas palavras ou frases surgem em sua mente um pouco mais rápido do que você pode escrevê-las, às vezes você pode obter parágrafos inteiros de uma só vez.

*Você também pode ver imagens aparecerem na sua mente, ou chegar a 'flashes' de cenas oníricas. Anote-as, sem crítica sem julgamentos. Grave tudo isso porque é tudo relevante, mesmo que algo possa não fazer sentido no momento.

*Se nada vem à mente em resposta às suas súplicas, ou se tudo o que vem à mente é  jargão, é possível que você esteja bloqueando o fluxo de ideias.

*Sua mente consciente em seu esforço para boicotar o processo pode dizer: "Isso não está funcionando" ou  "Eu não estou fazendo a coisa certa"... Não caia na armadilha!

*Continue tentando, continue escrevendo, mesmo que tudo que você recebe é conversa fiada. Somente a confiança pode abrir-lhe o suficiente para escrever automaticamente, caso contrário você se verá emaranhado-se com a dúvida.

*Se você está bloqueando, tente trocar para a mão não dominante. Mantenha-se na escrita, e em algum momento sua mente consciente vai relaxar seu controle e você vai começar a escrever automaticamente.

*Em seguida, basta escrever o que seu corpo lhe diz, pedindo a todas as perguntas que quiser ao longo do caminho. Você pode se surpreender com as respostas!

*A maior surpresa será, provavelmente, que você mesmo chamou a sua doença até você e que ela não veio "por acaso"... e por que razão você fez isso a si mesmo... 
 "o que estou tentando aprender com esta experiência"???

*Você também pode pedir ao seu corpo para obter informações específicas a respeito de dieta, exercícios, para acelerar o seu processo de cura, manter-se cheio de vitalidade, peso ideal....

Fonte: Robin Robertson - Como consultar o oráculo Interior usando a imaginação ativa
Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica

domingo, 15 de maio de 2016

O Golpe No Brasil - No Fascismo, o Mito Substitui a Razão



*Fascismo forma de radicalismo político autoritário nacionalista, com destaque no início do século XX na Europa.
*Os fascistas procuravam unificar sua nação através de um Estado totalitário que promove a vigilância, um estado forte, a mobilização em massa da comunidade nacional, confiando em um partido de vanguarda para iniciar uma revolução e organizar a nação em princípios fascistas hostis a todas as vertentes do marxismo, desde o comunismo totalitário ao socialismo democrático.
*Os movimentos fascistas compartilham certas características comuns, incluindo a veneração ao Estado, a devoção a um líder forte e uma ênfase em ultranacionalismo, etnocentrismo e militarismo. *O fascismo vê a violência política, a guerra, e o imperialismo como meios para alcançar o rejuvenescimento nacional e afirma que as nações e raças consideradas superiores devem obter espaço deslocando ou eliminando aquelas consideradas fracas ou inferiores... 
*Defendeu uma economia mista, com o objetivo principal de conseguir autarquia para garantir a autossuficiência, e a independência nacional através de protecionismo e políticas econômicas que intercalam intervencionismo e privatização.

Barthes ...  e os Petralhas, Esquerdistas, Comunas
*As afirmações, quando não os berros, prescindem de raciocínio ou, até, de racionalidade.

*São mitômanos e o mito é “o produto de uma determinada classe social dominante que acaba por ser incorporado pelos membros da classe dominada, mesmo quando vai contra os seus próprios interesses.

*O tema de hoje é a vulgata que todos estamos habituados a ver nas ruas, nas redes sociais: "cuba”, “venezuela”, “bolivarismo”, “esquerdista”, “petralha”, “comuna” e por aí vai...  Quem profere expressões como essas julga ser portador de uma verdade inquestionável.

*Ou seja, as pessoas acreditam nos poderes mágicos de palavras que, uma vez emitidas, lançam um anátema inescapável sobre o interlocutor.

*O fato é que todas essas palavras são cifradas e fazem parte de uma formação que o pensador francês Roland Barthes denominou “mito”.

*Barthes mantém o conceito no seu significado tradicional filosófico, ou seja, o de um discurso alegórico ou narrativa lendária que pretende dar um fundamento de natureza para a construção dos valores básicos dos povos.

*O semiólogo transporta esse conceito para os tempos modernos, pois, em seu entender, o quotidiano das sociedades contemporâneas está repleto de mitos – os pequenos e os grandes – que devem ser decifrados e revelados.
*Uma tese que ganha corpo com a revolução digital.  Apesar de ter mais de meio século, a teoria do mito mantém o seu fulgor e é uma ferramenta teórica que permite descortinar, de maneira eficiente, as contradições que marcam a evolução da sociedade atual.

*O mito é o meio para um fim: a imposição de uma certa ideologia (entendida aqui no sentido marxista, como uma consciência deformada) para a legitimação de uma ordem estabelecida.


*O mito encontra-se espalhado por todo o tecido social, seja no direito, na moral, na educação, na família ou na política.


*Mas é nos veículos de comunicação de massa – os grandes vetores de produção simbólica dos nossos tempos – que ele se torna mais cintilante.
*O mito tem a função de naturalizar a história e engessar o mundo, de forma a impedir a transformação.

*Neste contexto, o pensador faz uma denúncia da ideologia burguesa e pequeno-burguesa (o pequeno-burguês é o indivíduo por quem ele nutre uma profunda antipatia), que cria uma espécie de falsa natureza.

*Mas o que se entende por naturalização da história? É fazer com que os indivíduos aceitem determinados fatos como naturais, negligenciando as suas implicações sociais e históricas.

*O mito é, portanto, o produto de uma determinada classe social dominante que acaba por ser incorporado pelos membros da classe dominada, mesmo quando vai contra os seus próprios interesses.

*Produzir essa aceitação – pela naturalização – é a sua função. 


*Enfim, mito e ideologia são parentes muito próximos: entrelaçam-se, confundem-se são categorias incontornáveis para desmascarar o processo de legitimação da sociedade burguesa.

*O mito tem que ser invisível e natural, porque a sua identificação apontaria sempre para uma tentativa de manipulação.

*Barthes diz que o mito não é nem uma mentira nem uma confissão: é uma distorção.

*A sua função, na passagem da história à natureza, é despolitizar os fatos, transformando-os em coisas simples, inocentes.

*Não interessa a interdição, mas a exposição. É por isso que todos os dias a vulgata citada no início deste texto é repetida ad nauseam...


*Barthes diz que o mito e a direita andam atrelados. E quando está no campo de atuação da direita, o mito toma posse de tudo, da justiça, da moral, da literatura, da estética ...

*E o mais importante: o mito precisa de uma certa fraseologia e os slogans têm um papel insubstituível neste contexto.

*A frase feita ajuda a apreender e a justificar o mundo de uma maneira muito mais simples, permitindo uma constatação imediata e sem maiores reflexões.

*Para usar um exemplo típico dos dias de hoje, quando se diz que estamos a caminhar para a ditadura comunista parece a constatação de uma realidade inequívoca.

*Feita a afirmação, referendada por um slogan repetido de forma incessante, não é preciso haver constatação e a historicidade é alijada.

*Mas na verdade estamos frente a um processo de dominação onde o dominado é quem repete essas expressões. 

Fonte: José António Baço - (O texto é de 2014 e o autor é português)
 http://www.tijolaco.com.br/blog/
Fatima Vieira - Psicóloga Clínica

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Projeto Amanhecer - Pesquisa Práticas Integrativas Complementares e Assistência Psicológica

Projeto Amanhecer: Saúde, Educação, Pesquisa e Atendimento com Práticas Integrativas Complementares, Terapias Alternativas e Assistência Psicológica



Localização: Hospital Universitário (HU)
Campus Universitário
Trindade – Florianópolis/SC



  
http://www.hu.ufsc.br/setores/projeto-amanhecer/historico/


(...)


domingo, 17 de abril de 2016

Brasil - A Democracia Há de Brilhar Mais Uma Vez! Sem Golpe!

                               Wagner Moura: texto publicado no jornal Folha de S.Paulo - 30.03.2015

PELA LEGALIDADE,

*Ser legalista não é o mesmo que ser governista, ser governista não é o mesmo que ser corrupto.
É intelectualmente desonesto dizer que os governistas ou os simplesmente contrários ao impeachment são a favor da corrupção.

*Embora me espante o ódio cego por um governo que tirou milhões de brasileiros da miséria e deu oportunidades nunca antes vistas para os pobres do país, não nego, em nome dessas conquistas, as evidências de que o PT montou um projeto de poder amparado por um esquema de corrupção. Isso precisa ser investigado de maneira democrática e imparcial.

*Tenho feito inúmeras críticas públicas ao governo nos últimos 5 anos. O Brasil vive uma recessão que ameaça todas as conquistas recentes. A economia parou e não há mais dinheiro para bancar, entre outras coisas, as políticas sociais que mudaram a cara do país. Ninguém é mais responsável por esse cenário do que o próprio governo.

*O esfacelamento das ideias progressistas, que tradicionalmente gravitam ao redor de um partido de esquerda, é também reflexo da decadência moral do PT, assim como a popularidade crescente de políticos fascistas como Jair Bolsonaro.

*É possível que a esquerda pague por isso nas urnas das próximas eleições. Caso aconteça, irei lamentar, mas será democrático. O que está em andamento no Brasil hoje, no entanto, é uma tentativa revanchista de antecipar 2018 e derrubar na marra, via Judiciário politizado, um governo eleito por 54 milhões de votos. Um golpe clássico.

*O país vive um Estado policialesco movido por ódio político. Sergio Moro é um juiz que age como promotor. As investigações evidenciam atropelos aos direitos consagrados da privacidade e da presunção de inocência. São prisões midiáticas, condenações prévias, linchamentos públicos, interceptações telefônicas questionáveis e vazamentos de informações seletivas para uma imprensa controlada por cinco famílias que nunca toleraram a ascensão de Lula.

*Você que, como eu, gostaria que a corrupção fosse investigada e políticos corruptos fossem para a cadeia não pode se render a esse vale-tudo típico dos Estados totalitários. Isso é combater um erro com outro.

*Em nome da moralidade, barbaridades foram cometidas por governos de direita e de esquerda. A luta contra a corrupção foi também o mote usado pelos que apoiaram o golpe em 1964.

*Arrepio-me sempre que escuto alguém dizer que precisamos “limpar” o Brasil. A ideia estúpida de que, “limpando” o país de um partido político, a corrupção acabará remete-me a outras faxinas horrendas que aconteceram ao longo da história do mundo. Em comum, o fato de todos os higienizadores se considerarem acima da lei por fazerem parte de uma “nobre cruzada pela moralidade”.

*Você que, por ser contra a corrupção, quer um país governado por Michel Temer deve saber que o processo de impeachment foi aceito por conta das chamadas pedaladas fiscais, e não pelo escândalo da Petrobras. Um impeachment sem crime de responsabilidade provado contra a presidente é inconstitucional.

*O nome de Dilma Rousseff não consta na lista, agora sigilosa, da Odebrecht, ao contrário dos de muitos que querem seu afastamento. Um pedido de impeachment aceito por um político como Eduardo Cunha, que o fez não por dever de consciência, mas por puro revide político, é teatro do absurdo.

*O fato de o ministro do STF Gilmar Mendes promover em Lisboa um seminário com lideranças oposicionistas, como os senadores Aécio Neves e José Serra, é, no mínimo, estranho.
A foto do juiz Moro com o tucano João Doria em evento empresarial é, no mínimo, inapropriada.

*E se você também achar que há algo de tendencioso no reino das investigações, não significa que você necessariamente seja governista, muito menos apoiador de corruptos. Embora a TV não mostre, há muitos fazendo as mesmas perguntas que você.

*Wagner Moura - Diretor, músico e premiado ator brasileiro, considerado pela crítica um dos protagonistas do atual cinema brasileiro. Foi o primeiro ator oriundo da região nordeste a fazer um papel de destaque na indústria cinematográfica de Los Angeles no longa metragem Elysium, contracenando com Matt Damon e Jodie Foster. O filme marcou a estreia internacional do ator brasileiro, que por esse trabalho recebeu elogios dos críticos nacionais e internacionais. 

terça-feira, 29 de março de 2016

Sobre Amizade

"Meu Amor por ti são flores. Tudo flores naturais..." (Heitor dos Prazeres)

Quero ser o teu amigo. 
Nem demais e nem de menos. 
Nem tão longe e nem tão perto. 
Na medida mais precisa que eu puder. 
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida.
Da maneira mais discreta que eu souber. 
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar. 
Sem forçar tua vontade. 
Sem falar, quando for hora de calar. 
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz. 
É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender! 
E por isso eu te suplico paciência. 
Vou encher este teu rosto de lembranças. 
Amizade é assim… 
É sentir o carinho, é ouvir o chamado, é saber o momento de ficar calado…
Amizade é somar alegrias, dividir tristezas… 
É respeitar o espaço, silenciar o segredo.
É a certeza da mão estendida,
A cumplicidade que não se aplica, apenas se vive! 
A compreensão está em ouvir e aceitar a opinião do outro, não que ele esteja certo ou errado, mas sim no fato de um, entender o outro.


segunda-feira, 21 de março de 2016

Só Os Deuses São Felizes!

*Diz uma história antiga, que os deuses tinham muito medo de que o ser humano fosse perfeito, pois, se assim fosse, não precisariam mais deles. Resolveram reunir-se para decidir o que fazer.
O mais sábio dos deuses disse: - Vamos dar ao homem tudo o que pudermos, menos o segredo da felicidade.
- Mas os humanos, como são muito espertos, vão acabar também por por descobrir esse segredo! - disseram os outros deuses em coro.
- Não, isso não vai acontecer - disse o mais sábio: - Vamos esconder a felicidade num lugar onde eles nunca irão encontrar: dentro deles mesmos!

sábado, 5 de março de 2016

Woman

                         8 de março - Dia Internacional Da Mulher
 
Husband
Vernon
 
Zula Kenyon
E. Oleniuc
                                                                                          Andrew Atroshenko
                                                              Andrew Atroshenko
                                           

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Ψ JUNG E Os Milagres: "... mas há milagres só que não acreditamos neles!"



*Sincronicidades são pequenos milagres.

*O que é sincronicidade? "Uma piscadela do Cosmos" (Meg Lundstrom) 

 
'Coincidência significativa' é algo mais do que uma probabilidade do acaso.

*Sincronicidade acontece quando Deus deseja permanecer anônimo." diz um ditado.

*Jung refere (1929): "Aqui temos um pequeno milagre. Eu não tenho nenhum preconceito contra esses pequenos milagres.Tais coisas peculiares ocorrem ocasionalmente, mas como eles estão conectados com a nossa psicologia Deus sabe, eu não sei. Somente os tolos pensam que tudo pode ser explicado. A verdadeira substância do mundo é inexplicável."

(Claramente, Jung tinha experimentado tais eventos e cita o exemplo de um paciente que relatava um sonho de um escaravelho, e um besouro verdadeiro voou no no seu consultório.)


*(...)  "Não podemos controlar o inconsciente coletivo ou o espírito.
O que podemos, é procurar 'perceber o significado' em eventos milagrosos. Coisas como milagres não acontecem por acaso: eles têm um propósito ou intenção, e nossa tarefa é chegar a uma compreensão do espírito, que é a única coisa essencial.

*No Dicionário do latim: mirari - "para se maravilhar".

 (...) "um acontecimento maravilhoso que é contrário e independente das leis conhecidas da natureza."

 *Sincronicidade parece acontecer quando você está intensamente sintonizado em algo que é muito profundo: como meditação, preces, relaxamento, análise dos sonhos, ou em processo psicoterapêutico. 

*Cientistas mais atentos referem uma base teórica para a sincronicidade na física quântica, geometria fractal, e teoria do caos. 

*Eles estão descobrindo que o isolamento e separação de objetos uns dos outros é mais aparente do que real; 

 *Em níveis mais profundos, átomos, células, moléculas, plantas, animais, pessoas, participam de uma rede sensível, de informação.


 *Os físicos mostraram, por exemplo, que, se dois fotões são separados, não importa quão longe, um cria uma mudança simultânea no outro.

 *Jung foi mais explícito em suas definições: "... fenômenos acausais são também chamados milagres, ..." 

"Um milagre é uma situação arquetípica que é acompanhado por uma emoção correspondente. Emoção pode variar de admiração, surpresa, medo. É algo que desperta admiração e perplexidade precisamente porque parece inexplicável.
                                                      Daniel Huntington

 *JUNG considerava milagres no contexto da sua compreensão da sincronicidade e os arquétipos que estão subjacentes fenômenos de sincronicidade. 

*A Sincronicidade seria a coincidência no tempo, de dois ou vários eventos, sem relação causal mas com o mesmo conteúdo significativo.”

*Se o seu sistema de crença é tal que a intuição e sincronicidade são reais e significativos, você vai notá-los. Se o seu sistema de crença diz que estes eventos são bobagens assim será.

*Os sistemas de crenças também ditam como as pessoas atribuem o funcionamento da sincronicidade e quando ocorre eles podem agradecer a sua sorte, ou destino, ou karma, ou um milagre, ou anjos ...
 *Sincronicidades são por vezes considerados como sinais, e algumas pessoas conscientemente usam para tomar decisões na vida. 
*No romance 'The Celestine Prophecy', (...) todas as coincidências são significativos porque eles apontam o caminho a um desdobramento da nossa lenda pessoal. 
*No entanto, Jung se mostra cauteloso em relação aos sensacionalismos e grandes milagres: "Ao alcance de minha experiência, eu nunca encontrei um milagre. Assim, eu não sei se essas coisas que você menciona são possíveis." (carta á Wilhelm Bitter,1959).

Jung observou que  "(...) é muito difícil estabelecer quaisquer princípios gerais em relação a este material estranho."

*Ele sentiu que a única maneira de resolver a questão em profundidade seria através de histórias e estudos de casos, que exigiria força física e tempo para empreender (Jung estava com 84 anos.)

(...) e sugeriu a Bitter em primeiro lugar, distinguir entre o que parece 'curas milagrosas' para as pessoas comuns daqueles que parecem milagrosos para médicos treinados. 

*Muitos dos que havia pessoas vão considerar como curas milagrosas médicos saberão são o resultado de processos fisiológicos reconhecidos.

*Mas há casos em que até mesmo os médicos altamente experientes enfrentam transformações de curas inexplicáveis. Como explicar isso? Jung ofereceu o pensamento de que essas curas pode ser devido aos contatos com a esfera dos arquétipos podem produzir o tipo de constelação que está subjacente a sincronicidade.

*Naturalmente, nestas circunstâncias, qualquer coisa que beira o miraculoso, ou realmente é um milagre, pode ser esperado, porque  na vida nós não podemos descobrir exatamente como resultado sincronicidade acontece ...

*A qualquer momento, pode-se entrar na esfera do arquétipo, eventos de sincronicidade podem ser previstos com um certo grau de probabilidade; e ... eles acontecem aos crentes e não crentes ....

 (...) "Estes resultados aparentemente milagrosos em experimentos ESP (Experiências Senso Perceptivas) serão interpretado como" milagres "apenas por pessoas suficientemente familiarizados com o caráter estatístico da lei natural." 

*O resultado "milagroso" de um experimento "... não é "milagroso", mas apenas "extraordinário" e inesperado, e, em seguida, apenas a partir de nosso ponto de vista tendencioso que leva causalidade como inquestionável. " 

 *Jung entendeu que atividades como experimentos ESP e outras formas de fenômenos psi chamam o inconsciente coletivo, e onde e quando o inconsciente coletivo (a base da nossa psique) entra em jogo, surge a possibilidade de que algo vai acontecer que contradiz nossos preconceitos racionalistas ... ".

*Em outras palavras, muitos exemplos de que podemos considerar como" milagres "são simplesmente uma falha de nossa parte para reconhecer sincronicidades ou para compreender as probabilidades estatísticas.

*O que significa a "entrar na esfera dos arquétipos"? 
Jung descreve isso em uma carta a Cornell: Em situação  indicativa de doença com perigo de  vida, a consciência sente-se ameaçada (...) mesmo as pessoas que se orgulham de não professarem nenhuma crença religiosa particular encontram-se compelidos pelo medo a pronunciar uma oração fervorosa: o arquétipo de um "ser divino útil é constelado por sua apresentação e pode eventualmente intervir com a chegada inesperada de força, ou um impulso imprevisível, produzindo no último momento o controle da situação de risco, que é considerada milagrosa. 

*Tais crises ocorreram inúmeras vezes na história humana. 

 *São nesses momentos em que somos pressionados, talvez até mesmo no ponto da inevitabilidade da morte, quando a mente ego é forçada a admitir a derrota, é que  nos entregamos e pedimos ajuda às entidades espirituais.

*Agentes que não coincidem com a psique consciente ... podem vir em nosso auxílio, produzindo um milagre.  E Jung observa que isso é verdade se o indivíduo acredita em tais realidades espirituais ou não.

 *Analista junguiano Albert Kreinheder descreve a "esfera dos arquétipos", como outro mundo que nós chamamos, a dimensão sagrada  (...) ele salienta que não é o nosso ego pessoal trata-se do inconsciente. Kreinheder sentiu que em situações como esta, quando o nosso ego humano encontra o divino, as curas milagrosas são possíveis.

*Quando nós enfrentamos esta DIMENSÃO SAGRADA de forma genuína, sentimo-nos tocados pela presença do divino. Compreendemos enfim, o que significa entregarmos tudo nas Mãos de Deus. E a cura acontece! (grifo meu)

"Lança sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem cuidado de vós" ( Pedro, 5:7).

 Fonte: *As Obras Completas de C G. Jung
*Jung Memórias, Sonhos, Reflexões Jung, (1960).
"A Estrutura e Dinâmica da Psique"
*Albert (1991), O Outro Lado da doença.
 (Ψ txt Fatima Vieira - Psicóloga Clínica)

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Ψ é o livro que escolhe seus leitores ...


"As palavras são um pretexto. É o vínculo interior que atrai uma pessoa para outra, e não palavras."

"É bom deixar todos os dias para trás, como água corrente, livres de tristeza."

"Aqueles que não sentem o amor puxando-os como um rio ... Aqueles que não querem mudar, deixá-los dormir." 


"A maneira como você pratica o amor é a maneira como Deus estará com você."

"O silêncio é a linguagem de Deus, tudo o mais é tradução pobre."


"Quem conhece o poder da dança, permanece em Deus."


"Eu não vim ao mundo por minha própria vontade ... Quem me trouxe aqui, vai ter que me levar para casa."

"É o Sol da revelação que opera todos os milagres: toda árvore ganha beleza, quando tocada pela luz."


"A ferida pode ser o lugar onde a Luz entra em você."

"Não pertenço a nenhuma religião. Minha religião é o amor. Cada coração é meu templo!"


 *Jalāl ad-Din Muhammad Rūmī (جلالالدین محمد رومی)
(1207 - 1273 ), foi um persa muçulmano poeta, jurista, teólogo e místico sufi do século 13. Em 2007,  foi descrito como o "mais poeta popular na América." Wikipedia
( Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica)

Um Bom Vinho É Poesia Engarrafada

 "Não pense que todos os êxtases são iguais!"
 (Se o bebedor tem uma gentileza profunda nele ele vai mostrar-se gentil mesmo embriagado,
 mas se ele tem escondido a raiva e arrogância, é isso que vai  aparecer) Rumi                                                                                                 
                                  "Sente-se, fique quieto e ouça, 
            porque você está bêbado e estamos na borda do telhado." (Rumi)
"O vinho é composto de humor líquido e luz." (Galileu Galilei)
                              "Ou me dê mais vinho ou me deixe em paz." (Rumi) 
"Se o vinho atrapalha teu negócio, larga teu negócio!"(Mauro Côrte Real)
"Para vinho ter gosto de vinho, deve ser tomado com um amigo" (provérbio espanhol)
 
"Os Vinhos de Portugal? É todo o sol, a luz, a cor e a vida inteira deste maravilhoso País" (Pierre Leroi. Crítico Literário Francês)
"Só a dose faz o veneno." (Parcelso 1493 - 1541)

( Ψ  Fatima Vieira - Psicóloga Clínica)