sábado, 18 de novembro de 2017

AC/DC - Malcolm... eu tenho coração e flores prá você

                                 Malcolm Mitchell Young - 1954/ 2017  
                               (...) Quando você sorri eu vejo estrelas no céu
                                Quando você sorri eu vejo o nascer do sol
                                E eu sei que você tem pensado em mim...

                              (...) Eu posso dizer pelas coisas que você diz
                                Eu posso dizer que você sabe o caminho
                                E eu sei o que você quer que eu faça
                                Eu tenho corações e flores para você

sábado, 28 de outubro de 2017

Ψ "Deve haver sempre vinho e companheirismo ou estamos realmente perdidos." Ann Fairbairn

"O vinho é uma das mais complexas de todas as bebidas:
fruto de um solo e clima particulares, digerido por um fungo através de um processo guiado pela cultura, produzido pelo amor e habilidade de um homem ou mulher.

(...) Até agora, o material tornou-se incrivelmente complexo, quase etéreo. 
Sem querer blasfemar, tornou-se algo como o cheiro e o gosto de Deus.

 *Você bebe sozinho? Não deveria...
Quanto melhor um vinho, mais você deve compartilhá-lo com os outros ...  e essa é a outra coisa incrível sobre o vinho, reúne pessoas que compartilham entre si o mundo à sua volta."                        
                                             José Mongrell Torrent - 1870/ 1937
 Mitologia: A Divindade do Vinho é conhecido em Roma como Baco e na Grécia como Dionísio 
                                                                  Peter Paul Rubens - 1577/ 1640
"O Deus Baco deu à humanidade o vinho e suas bençãos. Concedeu o êxtase da embriaguez e a redenção espiritual a todos que decidiam renunciar ao poder material."

(...) generoso com quem lhe rendia culto, mas podia proporcionar loucura e ruína para os que menosprezavam os festins devassos a ele ofertados.

Fonte: Neel Burton, o guia conciso de degustação de vinho
https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Dioniso
Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica 

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

(...)

"Talvez a maior faculdade que nossa mente possua é a capacidade de lidar com a dor. 
O pensamento clássico nos ensina as quatro portas da mente, que todos se movem de acordo com suas necessidades. 

                                                                                  Carrie Vielle
A primeira é a porta do sono: O sono nos oferece um retiro do mundo e toda a sua dor. Dormindo passamos o tempo nos distanciando daquilo que nos prejudicou. Quando uma pessoa está ferida, muitas vezes fica inconsciente. Da mesma forma, alguém que ouve notícias traumáticas muitas vezes desmaia. Esta é a maneira que a mente encontra para se proteger da dor, atravessando a primeira porta.
A segunda é a porta do esquecimento: Algumas feridas são muito profundas para curar, ou muito profundas para curar rapidamente. Além disso, muitas memórias são simplesmente dolorosas, e não há cura possível. O ditado de que o "tempo cura todas as feridas" é falso.... O tempo cura algumas feridas... O resto está escondido atrás dessa porta. 
                                                                                                   Joseph Minton
A terceira é a porta da loucura: Há momentos em que a mente é tratada com um golpe tão certeiro, que se esconde na insanidade. Embora isso pareça não ser benéfico, mas é. Há momentos em que a realidade não passa de dor, e para escapar dessa dor, a mente deve deixar a realidade para trás.
                                                                                                Suzanne Roach
A última é a porta da morte: O resort final... Nada pode nos machucar depois que estamos mortos, foi o que me disseram." 
Fonte: Patrick Rothfuss - O Nome do Vento 
Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica 

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

... tem gente que empresta o coração prá gente morar

Tem gente que Deus coloca na nossa vida só pra nos dar paz. 
Que nos empurra para o melhor de nós, que nos guia para o caminho do bem.
Gente que é sorriso em dia feio, que é suporte quando parece faltar chão. 
Tem gente que pensa e repensa jeitos de nos fazer bem, que se preocupa e demonstra.
Gente que é abraço, mesmo de longe, e a certeza que tudo vai dar certo. 
Que empresta coração pra gente morar, que planta pensamentos bonitos nos dias da gente…
Não é necessário melhorar a aparência, adquirir muita cultura, aumentar o salto do sapato, levantar mais o nariz. 
Precisamos diminuir o barulho, caminhar mais devagar.
Se apegue apenas ao que é essencial à alma – aquilo que a alimenta e faz sorrir – paz, amor, gratidão, humanidade, compreensão, caridade, generosidade e todos os demais sentimentos de amor e bondade que podemos ter e transmitir... (L. R)

terça-feira, 17 de outubro de 2017

🐾 Fime: Quatro Vidas de um Cachorro

Lançamento: 26 de janeiro de 2017
Direção: Lasse Hallström Elenco: Britt Robertson, K.J. Apa, John Ortiz ... 
(Baseado no best-seller de W. Bruce Cameron, A Dog's Purpose (título original), estrelado por um cão inquieto sobre o seu existir.)
*Um cachorro morre e reencarna várias vezes na Terra. Embora encontre novas pessoas e viva muitas aventuras, ele mantém sempre o sonho de reencontrar o seu primeiro dono: Ethan, seu maior amigo e a primeira pessoa a amá-lo.
Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Ψ Deixe seu filho ser...

"O caminho para uma sociedade melhor começa no berçário". (Winnicott)
Imagem: Hanks Steve
*Donald Winnicott (1896-1971) propôs que a alegria e a futura satisfação da raça humana dependem de algo muito mais próximo de casa do que se imagina.

*Todas as doenças da humanidade tais como, o fascismo, delinquência, raiva, misoginia, alcoolismo são apenas os sintomas de infâncias pobres e infelizes que o coletivo vai ter que pagar.

*Nós ainda não conseguimos suprimir nossas próprias necessidades ou sufocar nossas próprias demandas quando estamos com uma criança.

*Ainda estamos aprendendo a amar nossos filhos, refere Winnicott, é por isso que o mundo ainda está cheio de feridos, pessoas de "sucesso" externo e respeitabilidade que não são muito "reais" interiormente e infligem suas feridas nos outros.

*Temos um caminho a seguir para que possamos ser "bons o suficiente".

*Winnicott alertou especialmente às  pessoas que estão sempre forçando as crianças para darem uma 'risadinha'.

*Exigir risos ou outras expressões forçadas de uma pessoa pequena, misteriosa, bela e frágil não é saudável ... isso serve apenas para evitar a própria tristeza e frustração do adulto.

*Nos primeiros anos deixe a criança expressar livremente muitos sentimentos tanto 'bons' como 'ruins' sem consequências, e sem medo de retribuição. 

*Certifique-se de que seu filho não é muito compatível: Os pais ficam encantados quando as crianças seguem suas regras. Essas crianças são chamadas de "boas".

*Winnicott teve muita preocupação com as 'crianças boas'.

*Existem pais que não podem tolerar comportamento 'ruim'.

*Isso na concepção de Winicott resultaria no surgimento de um "Eu Falso". 
*Uma pessoa que seria 'boa' exteriormente, mas que estaria suprimindo seus instintos vitais.

*Somente através de uma educação adequada e atenta, uma criança poderia gerar um "Eu Verdadeiro", capaz de equilibrar adequadamente o seu social com seus lados destrutivos... a crise de birra/ raiva, (que deixa o adulto desesperado), deve ser encarada com naturalidade... mais tarde a criança será capaz também de expressar a generosidade ou amor real.

*No esquema de Winnicott, os adultos que não podem ser criativos, que de alguma forma estão um pouco mortos por dentro, são quase sempre filhos de pais que não conseguiram tolerar o desafio, os pais que fizeram a sua prole "boa" antes do tempo deles, matando assim sua capacidade de ser genuinamente bom, generoso e gentil no seu próprio ritmo.

Fonte: Donald Winnicott -  Os Grandes Psicanalistas - The School of Life - Teaching Emocional Intelligence - London, Amsterdã, Paris.

Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica 

Senhora Aparecida - Padroeira do Brasil

"... assim os homens esqueceram que todas as divindades vivem dentro do seu coração." (William Blake)



(...) bastou o teu olhar, prá me calar a voz
esteja onde estiver, rogai por nós

(...) Segure a minha mão quando ela fraquejar, e não deixe a solidão me assustar  (Raul Seixas)
                                                                 
                                                 Nossa Senhora Aparecida

                                           Nossa Senhora de Czestochowa

                                              Nossa Senhora de Loreto

                                                          Nossa Senhora de Einsiedeln
                         
*Através da mitologia podemos nos  reconectar com a religião da natureza de nossos antepassados, podemos recuperar algo da sensibilidade imaginária e espiritualidade ecológica que é a herança coletiva de cada um de nós.

*Uma tremenda revitalização espiritual pode ocorrer quando reconhecemos o mundo natural e o mundo divino intimamente entrelaçados ... através da qual a destruição da consciência humana da Terra pode ser curada...    

A Deusa Negra da Terra, (incluindo as Madonnas Negras), tradicionalmente sempre  facilitou os processos naturais da vida: curar os doentes, aliviar a dor do parto, trazer a fertilidade, o fluxo do leite, fertilizar as plantas...

*Como tal, ela representou a persistência da Grande Deusa durante o tempo de dominação por cultos patriarcais, e ela representa a persistência da Deusa Mãe durante a ascensão do monoteísmo cristão nossa herança coletiva.                                                          
 *A Virgem Negra foi identificada com várias formas nas antigas culturas pré-patriarcais do Mediterrâneo e do Próximo Oriente: *Cíclula de Phrygian; *Inanna Suméria, *Anat Syria, *Lilith hebraica, *Kali indiana, *Diana de Efésios; a deusa egípcia *Isis; *Nut a Deusa primitiva da noite;

                   Oxum a Doce Deusa Negra da água doce, do Amor, Criatividade e Sensualidade.

                                                                 Deusa Nut
                                                                                                        
                                                     Tente me alcançar
                                                     Tente me tocar
                                                     Mas Eu estou sempre além do seu alcance
                                                     Não tente me decifrar porque você não pode
                                                     Eu sou o sempre presente 
                                                      insondável desconhecido
                                                     Eu sou a imensidão do céu cheio de estrelas
                                                     Estou além da compreensão humana
                                                     Na vastidão do meu ser
                                                     Eu sou um mistério mesmo para mim."

Mitologia: Nut - a deusa egípcia do céu noturno... que dá luz ao sol todas as manhãs, depois o consome de novo todas as noites.

*A Deusa Nut convida você para se abrir ao mistério.

*Você planejou todos os aspectos de sua vida e não deixou espaço para o mistério, o incognoscível?

*A  Deusa Nut diz que está na hora de confiar... o mistério que você deixa entrar será exatamente o que precisa para a sua jornada para a totalidade.

Fonte: Shamanismo e Mitologia da Terra - A Deusa Negra - Psicologia Verde - Ralph Metzner
Amy Sophia Marashinsky

 Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Luo Li Rong e suas delicadas esculturas

"Poesia, Arte e Conhecimento são sagrados e puros." 
(George EliotThe Mill on the Floss)








Ernesto “Che” Guevara - 1928/ 1967

*9 de outubro de 1967... Há 50 anos Ernesto “Che” Guevara era executado numa pequena escola no povoado de La Higuera, na Bolívia. 

*Morria o homem, nascia o mito.

*Eduardo Galeano chamou Che de “O nascedor”. 

“Por que será que o Che tem este perigoso costume de seguir sempre renascendo?”

Fonte: Brasil de Fato

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

(...)

"A alma é muito mais complexa e inacessível do que o corpo... 
é essa metade do mundo não existente senão na medida em que dela se toma consciência. 

Assim, a alma não é só um problema pessoal, mas um problema do mundo inteiro, e é a esse mundo inteiro que a psicologia deve se referir."
(Memórias, Sonhos e Reflexões - Carl Gustav Jung)

Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica 

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Independência do Brasil: 195 anos e Ainda Não Construímos Uma Nação Para Todos.

                                                                 Roque Sponholz
                                                                              
*Independência do Brasil: 195 anos e ainda não construímos uma nação para todos.

*Não foi por falta de luta e mobilização.

*Mas toda vez que chegamos perto, ocorreu um golpe a favor de interesses estrangeiro.

*Foi assim com Vargas em 1954, com Jango em 1964, com Tancredo em 1985 e com Lula e Dilma em 2016.

*Toda vez que a vida do trabalhador brasileiro começa a melhorar por um governo minimamente comprometido com o povo, os muito ricos aliam-se ao imperialismo, rompem a ordem institucional, fazem uma caça às bruxas e quando o regime fica insustentável, soltam as rédeas.

*As forças de resistência em geral cometem os mesmos erros: isolam-se, caem em luta fratricida, não analisam os erros e/ou acertos das experiências anteriores, tendem a esperar uma saída messiânica com um salvador e subestimam a necessidade de construir uma ampla unidade em torno de um projeto.

*É preciso ter em mente que sim: trata-se de uma conspiração para reorientar a política externa brasileira em favor dos interesses dos Estados Unidos e garantir a pilhagem dos recursos naturais e econômicos do país para o grande capital financeiro internacional.

*Algo como a volta a uma condição de "semi"-colônia "semi"-escravista, com traidores quinta-colunas bem posicionados em órgãos de Estado nos três poderes, na mídia e no grande empresariado.

*A luta para derrotar o golpe é hoje a luta pela Independência nacional. Mais do que nunca precisamos construir a unidade: Lula, Ciro, Requião, Jandira, os movimentos sociais, sindicais, as entidades juvenis e estudantis, ambientais, todos os setores que puderem se juntar contra os exercícios militares dos Estados Unidos na Amazônia, contra a entrega da base de Alcântara, contra a instalação de uma base estadunidense na cabeça do cachorro e contra a exploração da Renca. 

*A defesa da Amazônia vai unir o Brasil! 

*Hoje, a luta contra a privataria de Temer, Alckmin, Pezão e Dória posiciona os entreguistas vendilhões da pátria na trincheira oposta à dos verdadeiros patriotas que lutam pela soberania nacional.

*O Brasil não será uma teocracia como pretende Crivella e suas ovelhas, nem um país fascista, machista e racista como pretende Bolsonazi.

*O Brasil será um país rico, soberano e desenvolvido, capaz de garantir o bem-estar a toda sua população.

*Esse é o projeto que deu o primeiro passo em 1822, o segundo em 1888, o terceiro em 1930 e o quarto em 1985.

*Não podemos retroceder em nenhum desses avanços, mas ao contrário, sair da defensiva e ganhar corações e mentes em defesa da verdadeira independência do Brasil. 

Fonte: Thomas de Toledo - Historiador pela FFLCH/USP, mestre em Desenvolvimento Econômico pelo IE/Unicamp, Professor de Relações Internacionais e ex-Secretário Geral do Cebrapaz.

domingo, 27 de agosto de 2017

(...)


Frédéric Chopin (1810-1849)

É sempre muito prazeroso ouvir Chopin.
Sua sensibilidade e delicadeza beiram o absurdo. 
É o romantismo excessivamente lírico e angustiadamente triste... que geram uma sensação de grande bem-estar e leveza. 

Ψ Dia Do (a) Psicólogo (a) - 27 de agosto

*Jacques Lacan (1901-1981), o transtorno mais grave que uma pessoa pode ter é ser, digamos, “normal”.

Calligaris fala sobre a Normalidade'Somos mais loucos do que nos imaginamos'.

*Então a 'normalidade' é um transtorno como outro qualquer?  -  Não, é mais grave.

*(...) Somos todos neuróticos, em tese. Graças a Deus, realmente normais são muito poucos.
*Somos todos neuróticos. Mais loucos do que nos imaginamos – loucos, digo psicóticos –, e em certo número, somos todos, enquanto neuróticos, capazes de ser perversos de vez em quando.

*E o que é ser “normal”?
Pois é… Será que as pessoas querem ser normais? Normais ou não julgadas?
Eu acho que o neurótico médio – que somos todos nós – sonha, idealiza o louco.
Ele acha que o louco é “o cara”. E sonha em ser perverso. Ou seja, em ser alguém que realmente não teria todos os impedimentos que a neurose nos coloca, os registros de culpa, as inibições.

 (...) Uma pessoa realmente normal é alguém tem um registro de experiência miserável, extremamente pobre.

*Pode ser que seja relativamente pouco sofrido, mas é também dramaticamente desinteressante.

*Às vezes, 'normais' são pessoas que têm ou tiveram uma insuficiência cultural-afetiva muito grande.

*Não é elaborar a experiência no sentido de falar as suas experiências, mas sabe aquela coisa que você atravessa a vida, vê as coisas e isso não lhe evoca nada?

*Tudo acontece como está acontecendo e isso não me evoca nenhuma lembrança.

(...) Porque você, sem dúvida, tem um nível de tormento individual, de angústia, muito menor do que o neurótico médio.  Mas, esse tipo de normalidade é construída de maneira extremamente sólida e eficiente em cima de um vulcão adormecido.

*Não garanto que os meus pacientes venham, sei lá, a sofrer menos ou a ter uma vida mais tranquila. Aliás, o que eu espero é que tenham uma vida mais interessante.

*Sobre Cura e Alta em Psicoterapia
*Existe, mas é uma transformação.

*Porque na medicina, em tese, curar significa trazer você ou levar você a uma espécie de volta à situação anterior.

*Quer dizer, você está com gripe, você quer ficar como antes da gripe.

*No campo “psi”, isso não existe.

*Você tem uma depressão, você não vai poder voltar ao que era antes da depressão.

*Pode se tornar outra coisa, que não é nem a depressão que você tem agora, nem o que você era antes.

*O processo é transformador. Então, “curar” é sempre um pouco problemático.

*E, além do mais, a apreciação é subjetiva, porque, afinal, é o paciente quem vai dizer que está melhor ou que está suficientemente bem para poder, por exemplo, parar um tratamento. A apreciação é dele. 

Fonte: http://www.revistadacultura.com.br/entrevistas/conversa/14-02-28/Mais_loucos_e_perversos_do_que_nos_imaginamos.aspx

 Ψ Fatima Vieira - Psicóloga Clínica

sábado, 12 de agosto de 2017

Dia Dos Pais

*Snezhana Soosh, com seus belos desenhos de derreter corações ... quer ser uma inspiração para todos os futuros pais.
*Soosh, mostra o  pai como uma figura enorme, talvez porque ele é visto assim através dos olhos de uma criança ... 
Eu sempre quis ter um relacionamento terno e amoroso com meu próprio pai, mas ele não sabia como mostrar seu amor, então a maior parte do tempo era distante e frio".(Snezhana Soosh)









quinta-feira, 27 de julho de 2017

Pink Floyd - Não Vire As Costas

                                                                     

Não vire as costas
aos exaustos e oprimidos ... 
                                                        
(...) "Não aceite o que está acontecendo                                                                                 
como só um caso do sofrimento alheio... 
                                                     
(...) Levados por um coração de pedra                                                                                    Perceberíamos que estamos todos sozinhos                                                                         No sonho dos orgulhosos